Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Why not?

21.03.18

Desaparecido em Combate!

Why Not
Quem da geração cota,  não se lembra deste filme? Pois foi assim que me senti nestes dias de ausência.... desaparecida em combate Desaparecida porque de todo tinha tempo, forças e espirito para me sentar à frente do computado.... e em combate, porque era mesmo um autentico combate contra bactérias e virus ... Alguém pequnino e inofencivo, trouxe carinhosamente consigo uma infantaria de bichinhos, que deixaram KO esta família. Começou no portador, mas rapidamente e com ajuda (...)
05.03.18

O Jardim de Portugal

Why Not
Parabéns! Sim... era a minha 2ª opção, mas na impossibilidade de ganhar a minha 1ª opção visto ter desistido, assim, esta passou obrigatóriamente a ser a minha favorita. Polémicas à parte, porque continuo a achar que a música do Diogo Piçarra era linda de tão simples e tão real que era, e como já disse no post anterior, em nada a acho igual à canção da IURD... A música O Jardim, é diferente, fala de um assunto pouco falado em canções - a morta de uma avó, (...)
05.03.18

Abram os olhos!!!!!!

Why Not
Portugal é um pais pequeno, simples, fragil.... Mas não acho a música do Diogo Piçarra igualm à música da IURD (em baixo coloquei o video das duas) Li este artigo do Luis Jardim (para mim um senhor no que cota a música e ele diz: Jardim diz que é muito fácil, para quem entende de música (“não (...)
26.02.18

Festival da Canção 2018

Why Not
Fã fervorosa do Festival da Canção?! Não! Mas gosto de ver… aliás gosto mais de ouvir do que de ver. (esta é a minha mera opinião... vale o que vale...) Ao contrário da 1ª Semifinal, que me pareceu muito premeditada e teatral na parte melódica, fantástica na apresentação e realização mas onde apenas duas canções me encheram as medidas. Ontem, a 2ª semifinal pareceu-me mais pura quer nas composições quer na musicalidade mas com uma realização bastante abaixo do (...)
23.02.18

Dúvidas VS Assiscar VS Sentido de Responsabilidade

Why Not
O hábito faz o monge... e é bem verdade. Mas, não é só o hábito. É o medo, a responsabilidade, a insegurança, os filhos, o sentido de respeito, enfim... talvez o distino. Mas sabem quando temos uma proposta, recusamos, por culpa daqueles todos que mencionei, mas a porra da proposta martela-nos a cabecinha de noite e de dia.... Bolas que a vida é dificil.... mas o sentido de responsabilidade ainda é mais!  
22.02.18

Bom médico!

Why Not
Com este turbilhão de pensamentos que me têm assolado os últimos dias, o sono anda dificil de chegar. Então, depois de tudo acalmo, sento-me no sofá e papo, literalmente séries de televisão. Desde AXN, a FOX Life, vejo tudo. Mas confesso que há uma série pela qual estou a ficar agarrada... Embora fixção, relata um transtorno nerologico com a qual estou familiarizada, não directamente mas por uns amigos, e aqui está a prova provada, que cada caso é um caso e com precistencia, (...)
21.02.18

Fez-me pensar....

Why Not
Estive ausente...e não gostei! Não gostei pelo motivo, não gostei porque me fez sofrer e fez sofrer os que mais gosto. Uma doença.. mesmo que não sejam em nós, para além de fazer sofrer, faz parar para pensar... pensar na vida, no que foi, no que é e se será. Faz reflectir no dia a dia e perceber as impossibilidades que impomos aos nossos objectivos e sonhos, e cujo resultado final, nem sabemos se nos irão tornar mais felizes ... Faz pensar na vida, e em como a conhecemos... e (...)
09.02.18

Adoro Desporto como qualquer Homem!

Why Not
Confesso que adoro desporto! Fazer e Vêr. Só há 2 ou 3 que não me agradam de todo, nomeadamente desportos de luta que metam sangue... Quem me conhece sabe que vejo futebol como qualquer homem, adoro e vou ao estádio acompanhar a minha equipa do coração - o SPORTING( pronto... dos poucos seguidores... já perdi metade ); como diz um bom amigo " Sou o sonho de qualquer homem neste campo". (ahahahaha) Mas nem só de futebol vive o homem, e temos que admitir que nós Portugueses somos (...)
02.02.18

2 de 20

Why Not
Como foi escrito/dito no primeiro post deste "mini-blog" há muito que me martelava a ideia de criar um blog, mas, não foi só esse projecto a que me propus para o ano de 2018... Dos vários objectivos traças, e volvidos os primeioros 31 dias do ano, confesso que muito pouco evolui nesse tragecto. desculpas?! algumas! Mas ainda assim, e, no meio de tanta confusão que foi a minha vidas nos dias iniciáis do novo ano, ainda consegui atingir 2 objectivos e iniciar um terceiro. 1º (...)